Header Ads

Câmara discute sobre projeto que atua na conscientização dos acidentes do trabalho



A fim de melhorar e diminuir os índices de ocorrências e acidentes de trabalho na cidade, a Câmara Municipal de Campina Grande realizou na manhã dessa terça-feira (03) uma sessão solene, proposta pelo vereador Alexandre do Sindicato, para discutir o Projeto de Lei Nº 157/2017, de autoria do parlamentar Aldo Cabral, que institui no município a campanha de prevenção aos acidentes do trabalho e doenças ocupacionais.
Denominado “Abril Verde”, o movimento busca atuar na prevenção e alertar sobre os perigos que podem levar aos acidentes trabalhísticos, modificando essa realidade que prejudica um trabalhador a cada três horas na Paraíba. De acordo com o autor do projeto, o vereador Aldo Cabral, “a proposta pretende conscientizar a população e mostrar como mudar esse quadro, que gera muitos prejuízos para as famílias”, explicou.
Segundo o parlamentar Alexandre do Sindicato, a solenidade é importante para retratar sobre os níveis alarmantes desse tipo de ocorrência nos locais de trabalho, defendendo o bem-estar dos trabalhadores. “Os números de acidentes de trabalho são espantosos, parece um cenário de guerra e precisamos reverter essa situação. Espero que esse projeto possa salvar vidas, evitando mais acidentes e dificuldades”, disse.
A defesa do trabalhador é uma luta digna para a cidade, lembrou o procurador geral do município José Fernandes Mariz, que representou a Prefeitura Municipal de Campina Grande na ocasião. “Percebemos a ausência de equipamentos oferecidos pelos os órgãos trabalhadores, causando transtornos sociais, familiares e na saúde. Essa atitude precisa ser revista e modificada”, afirmou.
O Projeto de Lei Nº 157/2017 foi aprovado por unanimidade na Casa de Félix Araújo e aguarda ser sancionado pelo Poder Executivo. Os órgãos responsáveis e todas as instituições envolvidas, incluindo o Ministério do Trabalho, tem papel fundamental para desenvolver as atividades da Campanha Abril Verde, com planejamento e ações de caráter educativo para fortalecer os direitos assegurados, por lei, aos trabalhadores.

Nenhum comentário