Header Ads

TRE-PB condena Ricardo Coutinho por contratação indevida


O Pleno do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-PB) condenou, na tarde desta segunda-feira (26), o governador Ricardo Coutinho (PSB) por contratação indevida de pessoal durante período vedado das eleições de 2014. O governador terá que pagar multa de R$ 30 mil. Mesmo com a condenação, o socialista poderá ser candidato.
A Ação de Investigação Judicial Eleitoral (Aije) foi movida pela Coligação ‘A Vontade do Povo’ que teve como candidato a governador o atual senador Cássio Cunha Lima (PSDB). Depois de um mês de julgamento, por causa de pedidos de vista por parte de alguns juízes, a ação foi analisada e concluída.
O juiz Breno Wanderley, um dos integrantes que pediu vista, votou pela redução da multa imposta ao governador de R$ 30 mil para R$ 15 mil, mas teve o voto vencido pelos outros integrantes, uma vez que o Tribunal já impôs multas de até R$ 50 mil para prefeitos pelo mesmo motivo, o uso da máquina para fins eleitorais.
A Aije será enviada ao Ministério Público Eleitoral que vai investigar a prática de improbidade administrativa por parte do governador.
A defesa do governador, feita nessa ação pelo advogado Fábio Brito, disse que vai recorrer da decisão.

Portal Correio

Nenhum comentário