Header Ads

CMCG

Tião acusa Nonato de 'plantar' nota sobre ida de Pedro para o Avante


O deputado estadual Tião Gomes (Avante) rebateu a informação veiculada sobre possível filiação do deputado federal Pedro Cunha Lima na legenda. O parlamentar afirmou que essa notícia foi “plantada” pelo chefe de gabinete do Governo do Estado, Nonato Bandeira, que por enquanto ainda é presidente do PPS na Paraíba.

“Infelizmente esse é o modus operandi de Nonato Bandeira, que para se safar, joga os aliados na fogueira. Ato de covardia, usando a imprensa da qual ele faz parte, usando o cargo para atacar aliados do Governo. Isso ele vem fazendo há muito tempo. Mas, no Avante ele não tem abertura. Pois o nosso partido é respeitado, respeita os filiados, está organizado, firme e forte para as eleições deste ano. Ao invés de estar se preocupando em plantar notícias falsas, Nonato deveria correr para não perder o PPS, esse sim está por um fio”, disse o deputado Tião.
Ainda sobre o PPS, Tião reafirmou que as notícias veiculadas sobre a ida de Pedro Cunha Lima para o partido foram divulgadas primeiramente a nível nacional. “Ao contrário do Avante, as notícias sobre a ida de Pedro Cunha Lima para o PPS foram publicadas pela imprensa nacional, inclusive com a afirmação do líder do partido na Câmara Federal, que garantiu as conversas adiantadas com Pedro. Já sobre o Avante, Nonato criou e pediu para espalhar mentiras, para tentar sair do foco. Mas eu digo e repito, a vez de Nonato no PPS passou, se não for Pedro, será outro que vai assumir. Quem manda no PPS é Geraldo Alckmin, pois a nível nacional o PPS fechou questão com PSDB”, disse.

PBAgora

Nenhum comentário