Header Ads

CMCG

Servidores da educação decidem entrar em greve em Santa Rita



Os servidores da educação do município de Santa Rita, na Região Metropolitana de João Pessoa, decidiram entrar em greve, durante assembleia realizada nesta quinta-feira (1º). Na última segunda-feira (26), os profissionais já haviam anunciado uma paralisação das atividades por um período de 72 horas, visando um acordo com a Prefeitura. A greve tem início imediato, a partir desta quinta-feira.

Segundo o sindicato, o motivo da greve é reivindicar melhores condições de trabalho e o pagamento dos terços de férias atrasados. Durante o período de paralisação, os servidores também criticaram o não reajuste dos salários, o aumento na carga horária de alguns professores, devido a mudanças na grade escolar, e o corte de gratificações para alguns cargos.
De acordo com o vice-presidente do Sindicato dos Servidores Públicos de Santa Rita, Carlos Antônio de Assis, o período de paralisação ocorreu na tentativa de dialogar com a Prefeitura, entretanto, até o momento, a Prefeitura não deu nenhum posicionamento para o sindicato. A Secretaria de Educação e a Prefeitura já foram notificadas da greve.
Contudo, o vice-presidente também destacou que os servidores estão abertos ao diálogo e que continuarão se reunindo para discutir essas questões durante a greve. "Segunda temos um movimento. Na próxima quarta-feira tem uma assembleia para avaliar a greve e aí decidimos se vamos continuar ou não. Se até lá o prefeito mandar alguma proposta, nós avaliamos e passamos para a categoria decidir", explicou Carlos Antônio de Assis.

Redação com G1

Nenhum comentário