Header Ads

CMCG

Escolas de Campina Grande vão receber faixas de travessia elevada para pedestres



Garantir maior segurança e mobilidade para os estudantes campinenses. É o que está na lei Nº 6.886/2018, de autoria da vereadora Ivonete Ludgério (PSD), que prevê a implantação de faixas de travessias elevadas em frente às escolas de Campina Grande. O projeto foi aprovado por unanimidade no final do ano passado e sancionado recentemente pelo prefeito Romero Rodrigues (PSDB).

A Prefeitura de Campina Grande, através da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP) deverá implantar, em breve, faixas de pedestres elevadas em frente ou nas proximidades dos portões de acesso das escolas das redes municipal, estadual e privada. A faixa obriga os condutores de veículos motorizados a reduzir a velocidade e até mesmo parar, quando houver a presença de pedestres. A medida visa também reduzir o número de atropelamentos.

“Isso vai garantir uma travessia mais segura para os alunos das unidades de ensino do nosso município, até porque sabemos que são poucos os motoristas que respeitam as faixas de pedestres na nossa cidade. Com a faixa elevada, o condutor se ver obrigado a, pelo menos, reduzir consideravelmente a velocidade”, comentou Ivonete Ludgério, presidente da Câmara Municipal de Campina Grande e autora da lei.


Originalmente, a lei prevê ainda a promoção de campanha educativa sobre o respeito ao pedestre e elaboração de material pedagógico informativo sobre a implantação das novas faixas elevadas em frente das escolas. A Lei Nº 6.886 define que a execução destas ações educativas e informativas fica sob a responsabilidade da STTP.

“Acredito que esse tipo de faixa, por si só, já modifica os hábitos dos motoristas. Desta forma, essa nova Lei vai promover uma reeducação e criar uma maior conscientização para a segurança no trânsito, fazendo com que os condutores passem a respeitar os pedestres e, principalmente, os nossos estudantes que diariamente cruzam a rua para chegar à escola”, declarou a Ivonete.

Nenhum comentário