Header Ads

CMCG

Açude Acauã vai receber 4,8 milhões de metros cúbicos de água de Boqueirão



A barragem Argemiro de Figueiredo, que é popularmente conhecida como Acauã e fica localizada no município de Itatuba, vai receber 4,8 milhões de metros cúbicos de água do açude Epitácio Pessoa (Boqueirão). A resolução que autoriza a abertura da comporta de Boqueirão foi publicada no Diário Oficial da União desta quarta-feira (7) pela Agência Nacional das Águas (ANA) e a Agência Executiva de Gestão das Águas da Paraíba (Aesa).

A situação de Acauã ficou crítica por conta da estiagem nos últimos 5 anos. O açude tem apenas 3,47% da capacidade, o equivalente a 7 milhões de metros cúbicos. Com o auxílio de Boqueirão, que tem mais de 411 milhões de metros cúbicos, deve ser regularizado o abastecimento nas cidades de Itatuba, Ingá, Itabaiana, Juarez Távora, Juripiranga, Mogeiro, Pilar, São José dos Ramos e Salgado de São Félix; e os distritos Zumbi e Boqueirão de Gurinhém. Cerca de 100 mil pessoas serão beneficiadas.

“A responsabilidade pela operação da comporta de Boqueirão ficou a cargo do Departamento Nacional de Obras Contra as Secas. Solicitamos ao Dnocs que a abertura seja feita na sexta-feira. Como os resultados dos testes realizados na semana passada foram satisfatórios, não teremos problemas para controlar a vazão da água”, informou o presidente da Aesa, João Fernandes da Silva.

De acordo com o presidente da Aesa, a abertura da comporta não prejudicará Campina Grande e outras 18 cidades que são abastecidas pelo reservatório Epitácio Pessoa. “Nós temos segurança hídrica em Campina e região. Esta segurança é dada pelo volume em Boqueirão e também pela quantidade de água que estamos recebendo da transposição. Em média está chegando 4 metros cúbicos por segundo e nós estamos gastando apenas 2,3 metros cúbicos por segundo. Desta forma, não há com o que se preocupar”, explicou Fernandes.

A iniciativa tem o apoio do presidente do Comitê da Bacia Hidrográfica do rio Paraíba, Ulysmar Curvelo Cavalcante. “Tão logo o reservatório de Acauã ofereça segurança hídrica para a população daquela região, as suas comportas devem ser abertas para perenizar o rio Paraíba até a foz”, recomendou por meio de ofício enviado à agencia estadual.

Nenhum comentário