Header Ads

STTP lança nesta terça-feira campanha contra transporte escolar clandestino e apresenta nova padronização da frota regulamentada



A Prefeitura de Campina Grande, por meio da Superintendência de Trânsito e Transportes Públicos (STTP), inicia às 9h desta terça-feira, 20, uma campanha de combate ao transporte escolar clandestino. Na ocasião, será apresentada a nova padronização de identificação das vans regularizadas para o serviço.

A solenidade de apresentação dos 35 veículos cadastrados, vistoriados e com novo layout acontecerá na sede da STTP. A campanha recebe o apoio do Associação dos Transportadores de Escolares e do Sindicato Patronal das Escolas Particulares. O objetivo é conscientizar os pais de estudantes quanto aos riscos de contratar um transporte escolar não cadastrado e não regulamentado pelo órgão municipal de trânsito.

Conforme a STTP, por desconhecimento ou economia, os pais contratam transportadores ilegais. A Superintendência tem realizado um trabalho com as escolas e pais de alunos, orientando a contratar apenas o transporte escolar legalizado, observando o Selo de Vistoria do Semestre (2018.1), no para brisa. O selo possui número da autorização nas portas, na frente e na traseira do veículo.

Cadastro Positivo - De acordo com o superintendente da STTP, Félix Neto, é necessário formar um novo pensamento para que os pais só façam a contratação dos veículos legalizados na lista positiva, postada no site da STTP onde, na aba "Transporte Escolar" está alimentado com mais informações que vão oferecer segurança aos pais e responsáveis na hora escolher um veículo para o transporte escolar de seus filhos.

"Cabe à sociedade, STTP, família e escola zelar e preservar pela integridade dos alunos e sua segurança. Os nossos transportadores legais usam equipamentos obrigatórios e de segurança, realizam vistorias semestrais, os carros têm higiene e limpeza e portam todos os documentos e certidões do condutor e do veículo. Os motoristas também têm curso de formação, conforme a Lei, o que dá total garantia para todos", disse o dirigente.

Mercado - Ainda conforme a STTP, há vagas para a regulamentação dos veículos e o mercado permite o ingresso de novos interessados em operar no sistema de Transporte Escolar, bastando se dirigir a Gerência de Transportes, munidos dos documentos necessários e se legalizar. O órgão identificou um aumento de ilegais entre 2016 e 2018, mas vêm realizando ações de combate a esses veículos irregulares.

Nenhum comentário