Header Ads

CMCG

CRM interdita eticamente Pronto Atendimento de Dona Inês



O Conselho Regional de Medicina da Paraíba interditou eticamente o Pronto Atendimento do município de Dona Inês, no Agreste paraibano. Desde a 0h desta terça-feira (27), os médicos estão impedidos de atuar na unidade de saúde, que presta atendimento de urgência e transferência de pacientes. 

De acordo com o diretor do Departamento de Fiscalização do CRM-PB, João Alberto Pessoa, a interdição foi motivada por irregularidades encontradas durante a vistoria realizada no Pronto Atendimento, após denúncias no Conselho. 

“A equipe de fiscalização constatou que a unidade não tem diretoria técnica, está com a equipe médica incompleta e ainda que enfermeiros estão assumindo a função dos médicos realizando consultas. Até a situação ser resolvida, o Conselho manterá a interdição ética dos médicos”, explicou.

A medida tem o objetivo de preservar a dignidade do atendimento médico à população e a segurança do ato médico.
 
Contatos para entrevista:
João Alberto Pessoa (diretor de Fiscalização do CRM-PB) = 99122-4448

Nenhum comentário