Header Ads

CMCG

Temer anuncia “recuperação moral” de seu governo

O presidente Michel Temer disse em entrevista ao jornal Folha de São Paulo deste sábado que não concluirá o mandato “com a pecha de um sujeito que incorreu em falcatruas”.
O emedebista frisou que neste ano, seu último no cargo, se dedicará a sua “recuperação moral”.
“De repente, chego à Presidência e sou vítima de avalanche que me transforma como se fosse um sujeito corrupto”, lamentou Temer.
Ele negou ter feito pedidos a Roberto Derziê, um dos quatro vices da Caixa Econômica Federal afastados nesta semana sob suspeita de corrupção.
Acerca do julgamento em segunda instância de Lula, na quarta (24), Temer afirmou considerar melhor que o ex-presidente, pré-candidato ao Planalto, seja derrotado nas urnas para não ser “vitimizado”.

uol

Nenhum comentário