Header Ads

De olho na reeleição, Raimundo Lira a comenta processo de “limpeza” no partido


Após retorno da sigla MDB, o senador Raimundo Lira comenta processo de “limpeza” no partido. Em entrevista a imprensa paraibana, o senador Raimundo Lira (MDB) falou sobre a retirada da letra “P”, que significa a palavra partido, da sigla do PMDB, que passou a adotar o seu nome original: MDB – Movimento Democrático Brasileiro.

Indagado se essa seria uma tática para ‘limpeza’ do partido visando as eleições de 2018, o senador destacou que que o processo é natural nos partidos que se envolveram nas investigações da Lava Jato, mas que o país dispõe de instrumentos eficazes com este viés: a justiça e o voto.
 “Essa limpeza tem que ser feita não só no PMDB. O Brasil tem dois instrumentos para fazer essa limpeza: a justiça do país, que já mostrou que o sistema funciona, e temos o processo eleitoral, o voto. Essas duas variáveis vão fazer a mudança que seja conveniente para o país”, 

Nenhum comentário