Header Ads

Aposentados e pensionistas do INSS começam a receber benefício com reajuste


Os aposentados e pensionistas do INSS começam a receber nesta quinta-feira (25) o benefício com reajuste.
Para quem ganha um salário mínimo: o valor passa de R$ 937 para R$ 954, alta de 1,81%. O pagamento acontece desta quinta (25/1) até 7 de fevereiro, de acordo com o final do número do benefício, excluindo-se o dígito (veja o calendário abaixo).
Para quem ganha mais de um salário mínimo: o reajuste será de 2,07%. O pagamento acontece entre os dias 1º e 7 de fevereiro.

Como consultar os valores?

É possível consultar os valores que serão pagos pelo site meu.inss.gov.br e nos caixas eletrônicos dos bancos, com o cartão e a senha que o segurado já usa para receber o benefício.

Calendário de pagamento

A data de pagamento varia de acordo com o número final do benefício, excluindo-se o dígito.
Quem ganha até um salário mínimo:
  • Final 1: 25/1
  • Final 2: 26/1
  • Final 3: 29/1
  • Final 4: 30/1
  • Final 5: 31/1
  • Final 6: 1/2
  • Final 7: 2/2
  • Final 8: 5/2
  • Final 9: 6/2
  • Final 0: 7/2
Quem ganha mais de um salário mínimo
  • Final 1 e 6: 1/2
  • Final 2 e 7: 2/2
  • Final 3 e 8: 5/2
  • Final 4 e 9: 6/2
  • Final 5 e 0: 7/2

Feriado em São Paulo nesta quinta

Os paulistanos comemoram nesta quinta-feira o aniversário de São Paulo. Segundo a Febraban (Federação Brasileira de Bancos), o feriado na cidade de São Paulo não altera a data de pagamento dos benefícios do INSS.
"Entretanto, como as agências estarão fechadas neste dia na capital, o aposentado que recebe o benefício por cartão magnético e quiser sacar o dinheiro deverá fazer a retirada em um caixa eletrônico", informou a federação. Se for correntista, além dos caixas eletrônicos, também pode usar os canais eletrônicos.

Quem começou a receber em 2017

Para quem começou a receber a aposentadoria, a pensão ou o auxílio-doença ao longo de 2017, o reajuste é proporcional à data de início do benefício. Confira os índices:
  • Até janeiro: 2,07%
  • Em fevereiro: 1,64%
  • Em março: 1,40%
  • Em abril: 1,07%
  • Em maio: 0,99%
  • Em junho: 0,63%
  • Em julho: 0,93%
  • Em agosto: 0,76%
  • Em setembro: 0,79%
  • Em outubro: 0,81%
  • Em novembro: 0,44%
  • Em dezembro: 0,26%

Nenhum comentário