Header Ads

Preso suspeito de matar servidor do Detran-PB confessa 'surto' durante sexo



Suspeito confessou crime à Polícia Civil. Jovem alega que teve 'surto' e asfixiou vítima usando toalha.

O homem suspeito de matar um servidor do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB), em Campina Grande, foi preso nesta sexta-feira (15) pela Polícia Civil. Em depoimento, o jovem de 22 anos confessou o crime e alegou que teve um "surto" durante uma relação sexual e que asfixiou a vítima de 55 anos usando uma toalha.

Após matar o servidor público, o suspeito disse que roubou a carteira com R$ 45, o celular e o veículo da vitima. A polícia identificou o autor do latrocínio após analisar imagens de uma câmera de segurança de um mercadinho próximo ao local do crime.

De acordo com a Polícia Civil, no vídeo a vítima e o suspeito aparecem juntos, comprando uma carteira de cigarros, pouco antes do crime. A partir disso, os policiais conseguiram identificar e localizar o jovem, que foi preso na casa da mãe dele, no bairro de Bodocongó.

Ele não reagiu à prisão. Inicialmente, negou o crime, mas depois de ficar ciente das imagens, acabou confessando o assassinato.

Funcionário do Detran-PB assassinado

Um servidor do Departamento Estadual de Trânsito da Paraíba (Detran-PB) foi encontrado morto dentro do apartamento dele, na manhã desta quinta-feira (14), no bairro Dinamérica, em Campina Grande. A vítima, que tem 55 anos, apresentava marcas de estrangulamento no pescoço e ferimentos provocados por objeto cortante. A Polícia Civil investiga o crime como um homicídio.

O servidor público foi encontrado morto no apartamento por colegas depois de não ter ido ao trabalho nesta quinta-feira. Ele trabalhava na Companhia Regional de Trânsito (Ciretran) de Campina Grande. Outros amigos relataram à TV Paraíba que desde a noite da quarta-feira, a vítima não respondia mais às mensagens de celulares.

No condomínio onde a vítima morava, vizinhos informaram que viram o servidor público saindo para comprar bebidas na noite da quarta-feira. O carro dele não estava no estacionamento do condomínio na manhã desta quinta-feira. No início da tarde, o veículo foi encontrado abandonado no bairro Bodocongó.

G1PB

Nenhum comentário