Header Ads

Na Assembleia, situação e oposição condenam ataques de Estela à polícia paraibana


Dias difíceis para a deputada Estela Bezerra (PSB). Após atacar publicamente homens e mulheres das polícias Civil e Militar do estado da Paraíba e logo após negar pedido de desculpas às categorias, a parlamentar faltou à sessão desta quarta-feira (6) na Assembleia Legislativa para evitar críticas dos parlamentares e questionamentos da imprensa.

A reportagem do Correio Debate – 98,3 FM – acompanhou a sessão na Casa de Epitácio Pessoa e conversou com parlamentares das bancadas de situação e oposição, que não pouparam críticas à socialista.

O líder do governo, deputado Hervásio Bezerra (PSB), evitou o confronto com Estela, mas considerou infeliz o pronunciamento da socialista. “Acho que a deputada Estela vai rever, sua postura, sua posição, que não foi simpática”, disse. “Conhecendo Estela como eu conheço, esse conceito que ela chegou a falar, quero crer que não são verdadeiros”, completou.

Já o deputado de oposição, Renato Gadelha (PSC), classificou como infeliz as declarações de Estela. “Foi infeliz”, disse. “É o desejo de sempre defender as coisas que vem do governador, aí faz críticas indevidas”. completou.

Ainda segundo Renato Gadelha, apesar de ter um número muito reduzido, a polícia é um exemplo para a Paraíba e faz um trabalho dentro de seus limites. “Me sinto protegido pela polícia e defendo mais policiais.

Até mesmo o suplente de deputado, Cabo Sérgio Rafael, conhecedor do assunto e da corporação militar no Estado da Paraíba, condenou os ataques de Estela. “A sociedade está em apoio à polícia”, disse. “Uma declaração infeliz, e peço à deputada uma retratação aos policiais”, refletiu.

Nenhum comentário