Header Ads

VANDALISMO: ônibus escolares voltam a ser alvo de ataques promovidos pelos próprios estudantes e Prefeitura pode suspender rotas

 
Como se já não bastasse a situação em que a atual gestão recebeu a frota de veículos do município, com mais de 80% da frota comprometida e tendo que recuperar os ônibus dos estudantes em caráter de urgência, o Departamento de Transportes da Prefeitura de Lagoa Seca registrou o segundo caso de vandalismo e depredação dentro de ônibus escolar da frota municipal.

A situação mais recente ocorreu no ônibus que transporta alunos da Vila Florestal, onde a prefeitura apenas este ano pavimentou 5 ruas, reformou unidade de saúde e realizou a perfuração de um poço.

Conforme o registro, documentado inclusive através de fotos, o ato de vandalismo foi praticado durante a última semana, por alguns estudantes que são beneficiados pelo sistema de transporte escolar. Pelo menos 8 poltronas foram totalmente danificas, além de 3 vidros que foram quebrados.

O prefeito de Lagoa Seca, Fábio Ramalho, lamentou o ocorrido, destacou os gastos com a recuperação da frota e falou sobre as providências que serão adotadas. “É extremamente lamentável que um fato como esse se repita gerando gastos aos cofres públicos, diante de uma situação econômica tão difícil, considerando principalmente a constante diminuição de repasses de verbas. Temos todo cuidado e respeito com o dinheiro público e iremos adotar as providências cabíveis, acionando o Ministério Público. Poderemos inclusive suspender o transporte escolar, caso os atos de vandalismo não deixem de existir. Estamos transportando estudantes, entendemos que são jovens educados e que nada justifica essas ações repudiantes”, enfatizou o chefe do executivo municipal.

Além deste caso, no primeiro semestre também foi registrado ato de vandalismo contra transporte escolar no município. Na ocasião, 4 ônibus tiveram várias cadeiras danificadas, parte interior pichada e vidros quebrados.

Nenhum comentário