Header Ads

Marília Mendonça tem título de cidadã aprovado em CG


Câmara Municipal de Campina Grande aprovou, nesta quarta-feira (29), o título de cidadã campinense para a cantora Marília Mendonça. O projeto de lei é de autoria do vereador Rui da Ceasa (PSDC) e teve 12 votos a favor e quatro abstenções. Na justificativa, ele apontou a ajuda de custo dada a uma entidade filantrópica da qual a artista vai ser madrinha.

O parlamentar citou a carreira de sucesso da cantora, que nasceu em 1995, na cidade de Cristianópolis, no estado de Goiás, e suas principais composições. Ele também explicou que ela vai ser a madrinha do Instituto São Vicente de Paulo.

“Em sua apresentação, no Maior São João do Mundo, no dia 24 de junho de 2017, a cantora fez uma doação no valor de R$ 100 mil para a instituição São Vicente de Paulo, que cuida de idosos em Campina Grande”, destacou o vereador, reconhecendo os serviços prestados à cidade.

A solenidade de entrega do título ainda não foi marcada, mas o vereador não descarta a possibilidade de entregar o documento no Parque do Povo, caso Marília Mendonça cante no São João de Campina Grande em 2018. O G1 entrou em contato com a assessoria de impressa da cantora, mas, até as 18h desta quarta-feira (29), não teve resposta.

Polêmica no São João

A cantora Marília Mendonça anunciou a doação ao Instituto São Vicente de Paulo após se envolver em uma polêmica com a paraibana Elba Ramalho.

Durante a abertura dos festejos juninos de Caruaru, Elba criticou a participação de cantores sertanejos na grade de programação do São João de Campina Grande. Após a declaração, Marília Mendonça disse, em apresentação realizada em Recife, que "vai ter sertanejo no São João, sim".


G1

Nenhum comentário