Header Ads

Comissão eleitoral tem até segunda para homologar candidaturas no Campinense


As duas chapas chapas registradas para a disputa eleitoral do Campinense, serão homologadas nesta segunda-feira (13), pela comissão eleitoral. Oficialmente, o prazo se encerrou na última sexta-feira 910), mas William Simões e Carlos Gonzaga ainda não entregaram a documentação necessária. A comissão eleitoral ainda vai analisar os dois pedidos e tem até hoje para emitir um parecer, negando ou dando provimento aos registros.

Duas chapas vão disputar as eleições para a diretoria executiva do Campinense pelo biênio 2018/2019. O atual presidente, William Simões, busca mais uma reeleição. William tem como candidato a vice-presidente, Félix Braz. A chapa apresentou ainda os nomes de José Antônio Trajano, como diretor de patrimônio; Neilton Neves dos Santos, diretor do departamento de futebol profissional e Raul Timóteo como diretor financeiro.

A chapa de oposição é encabeçada por Carlos Gonzaga, que tem o engenheiro Erivaldo Ferreira como candidato a vice-presidente. A chapa, denominada "Um novo tempo", ainda tem José Roberto Rodrigues, mais conhecido como Chicó ocupando o cargo de diretor financeiro, Paulo Gervanny Lucena como diretor de patrimônio e Saulo Miná como diretor de futebol.

As eleições que vão definir o novo presidente do Campinense, assim como os demais membros da diretoria executiva, estão marcadas para acontecer no dia 3 de dezembro e o vencedor vai permanecer no comando dos destinos administrativos do Campinense até o final do ano de 2019. Poderão votar àqueles sócios do clube que estiverem devidamente em dia com suas mensalidades, Ex-presidentes também têm direito a voto.


PB Agora

Nenhum comentário