Header Ads

Após quatro meses preso, STJ manda soltar prefeito afastado de Bayeux Berg Lima


O Superior Tribunal de Justiça decidiu na tarde desta terça-feira (28), acatar o pedido de habeas corpus e mandou soltar o prefeito afastado de Bayeux, Berg Lima. Três ministros votarem pela liberdade e dois contra. O STJ vai notificar o Tribunal de Justiça da Paraíba sobre a decisão e o TJ é quem expedirá o alvará de soltura.

Apesar da decisão, Berg não voltará para o comando da prefeitura de Bayeux. Nessa segunda-feira (27), o juiz da comarca da cidade enviou decisão para o presidente da Câmara Municipal, mantendo o afastamento de Berg. A decisão foi referendada pelo Tribunal de Justiça do Estado. O próximo passo dos advogados do prefeito afastado, é reverter a sentença.


Berg Lima está preso desde o dia 5 de julho deste ano, acusado de cobrar propina a um empresário de Bayeux, para liberar pagamentos atrasados da gestão anterior. O caso ganhou repercussão nacional, após a divulgação do vídeo em que o prefeito afastado foi flagrado recebendo a suposta propina do empresário.



BlogdoAndersonSoares

Nenhum comentário