Header Ads

Primo de Cássio é assassinado com um tiro no peito

O ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) usou o seu microblog na internet para informar que o seu primo Severino da Silva Moura, 45, mais conhecido por “Mourinho” foi assassinado com um tiro no peito neste domingo, 2. O fato aconteceu durante um assalto ao restaurante de “Mourinho”, localizado no Ponto de Cem Réis, em Campina Grande.

Segundo as testemunhas, dois elementos chegaram a “Galeteria do Mourinho” e renderam oito pessoas entre funcionários e clientes. Perguntaram pelo proprietário do estabelecimento, que foi obrigado a abrir o cofre por um dos bandidos, que nervoso acabou atingindo a vítima com um tiro. Em seguida, evadiram-se do local sem levar dinheiro.

A informação é que na saída do restaurante os bandidos assaltaram um taxista, levando certa quantia em dinheiro. O mesmo taxista prestou socorro a “Mourinho”, levando-o para o Hospital Regional de Urgência e Emergência, mas a vítima tinha morrido no meio do caminho. Casado com D. Severino, “Mourinho” tinha dois filhos.

O empresário Severino da Silva Moura, de 45 anos, foi assassinado com um tiro no lado esquerdo do peito durante um assalto ao restaurante dele no Ponto de Cem Réis, em Campina Grande, neste domingo (2), por volta das 14h. “Mourinha”, como era conhecido, era primo do ex-governador Cássio Cunha Lima.

No Twitter, Cássio lamentou a morte do primo no momento em que soube da notícia: "Tive uma noticia terrível. Mourinha meu primo que trabalhou com a minha família desde o tempo da PMCG foi assassinado em CG. #luto", escreveu no microblog na internet.

Ele complementou: "Na impossibilidade de fazê-lo confiei a Mourinha, por muito tempo, a tarefa de deixar e pegar meus filhos na escola.#tristeza", finalizou.  


 
Paraíba.com

Nenhum comentário