Header Ads

Estadão destaca 'corte na própria carne' de Ricardo


O jornal Estadão, na sua edição online na noite desta segunda-feira (3) destaca o veto do governador Ricardo Coutinho (PSB) ao reajuste do próprio salário, do seu vice Rômulo Gouveia e de todo o secretariado.

Confira abaixo o trecho da matéria em que aborda a atitude do socialista, que assim como o governador do Paraná, tomou medidas extremas para tentar equilibrar as finanças dos seus estados.

" O governador do Paraná não foi o único a impor mudanças na gestão financeira. O governador da Paraíba, Ricardo Coutinho (PSB), resolveu "cortar na própria carne" e anunciou ontem, como um dos primeiros atos de sua administração, a edição de uma Medida Provisória (MP) que suspende o reajuste salarial de 27,92% concedido pelo ex-governador José Maranhão (PMDB) ao governador, vice-governador, deputados estaduais, secretários de Estado e adjuntos.

Com a medida, Coutinho corta o próprio salário, deixando de ganhar os R$ 23 mil que estavam previstos com o reajuste suspenso, passando a ganhar o salário que estava em vigor, no valor de R$ 16 mil.

Ricardo Coutinho também cancelou todos os convênios assinados pelo seu antecessor com os municípios paraibanos que garantiam verbas para a realização de festejos, como forma de gerar economia aos cofres do Estado".


Nenhum comentário