Header Ads

Futura primeira-dama do Estado refuta acusações sobre envolvimento de RC na demissão do radialista Nilvan Ferreira da Arapuan FM


Por volta das 21h19, desse domingo, (13), o radialista Nilvan Ferreira, postou em seu Twitter a seguinte informação: “A partir de amanha não estarei mais no sistema Arapuan. Fui afastado por telefone e sem justificativa. Viva a liberdade de imprensa. Viva a Ricardo Coutinho“. Ao que prontamente a futura primeira-dama do Estado, Pâmela Bório respondeu: “Pensamento do dia: ‘Liberdade de imprensa’ é diferente de ‘libertinagem na imprensa’”.

Pâmela foi além e disparou: “Jornalistas éticos nunca extorquem ou se vendem a políticos ou empresas” retuittando uma mensagem do também radialista Gutemberg Cardoso que dizia: “NA PB O Q Ñ EXISTE É LIBERDADE DE EMPRESA”.

A primeira dama destacou ainda a importância do diploma de jornalista e postou, no Twitter, questionando o radialista Gutemberg Cardoso: “Tem gente q sequer estudou jornalismo e se atreve a falar em liberdade de imprensa sem saber o que é na verdade, né?

Pâmela aproveita para mandar um recado ao radialista Nilvan Ferreira e ao jornalista Clilson Jr. pelo Twitter: “Pois é @nilvanferreira Viva a liberdade de Imprensa. Mas não calunie meu marido e nem o acuse por seus fracassos ou erros. Aprenda c os erros”.

Já para Clilson Jr coube uma dica de como se fazer jornalismo com coerência. A primeira dama disparou: “Clilsonjr: Aprenda a fazer jornalismo, escute os 2 lados da notícia. Neste caso, João Gregório, q já se manifestou dizendo q não o demitiu”.

“Se houve ou não, SE vai haver ou não demissão, pare de perseguir Ricardo, responsabilizando-o por todas as mazelas do mundo!”, finalizou Pâmela Bório.

Nilvan Ferreira continuou seu desabafo na Rede Social e disse que ser demitido por telefone foi imprudente e acrescentou: “Ao homem pode faltar tudo, menos dignidade. Vou levar isso pro túmulo”.

O radialista continuou sua indignação e chamou a atitude do proprietário do Sistema Arapuan, João Gregório de covarde. “João Gregório não teve a mínima dignidade de demitir. Mandou recado por telefone agora a pouco. Covardia”, postou e complementa: “Sempre fui fiel, amigo, parceiro. A covardia é uma das piores atitudes do ser humano”.

Após comunicar o seu desligamento, Nilvan recebeu duas twitadas do seu ex-parceiro de programa Fabiano Gomes que desabafou em tom de solidariedade: “@nilvanferreira Não é vitima de mais ninguém, a não ser João Grégorio. Tudo o que Nilvan fazia no programa era combinado com ele“.

Na segunda twitada, o radialista Fabiano Gomes foi além e disparou: “@nilvanferreira Paga por ser fiel ao próprio João. Quando Nilvan servia para cobrar e receber o dinheiro do Governo Maranhão ele era útil”.

Por volta das 23h19, também via Twitter, a primeira dama, Pâmela Bório, retwuitou em tom de comemoração a seguinte frase “Vixe! É a limpeza? RT @nildolacerdaa Bem feito! Ate que em fim @nilvanferreira teve o que merece! Próximo: @Clilsonjr e @dercioalcantara ...”

E a novela continuou:

O Twitter foi bastante utilizado entre jornalistas na noite deste domingo, (13), depois do anúncio por parte do radilista Nilvan Ferreira a respeito da sua demissão. Por volta da meia noite, o também radialista Gutemberg Cardoso disse que conversou ao telefone com João Gregório e este afirmou que apenas convidou Nilvan para uma reunião às 10h para tratar de assuntos internos da empresa.

Gutemberg postou ainda em seu Twitter que João Gregório disse que não esperava a atitude de Nilvan Ferreira de levar a público, divergências internas da empresa. O radialista finalizou que o empresário disse que vem enfrentando dificuldades com Nilvan sobre normas, notadamente depois que ele foi nomeado secretário de Comunicação em Bayeux.

Confira abaixo as twittadas e retwittadas na noite desse domingo:



Simone Duarte

Nenhum comentário