Header Ads

TRE atende pedido dos advogados e arquiva por unanimidade ação contra Cássio Cunha Lima

O Tribunal Regional Eleitoral acatou, por unanimidade, o pedido dos advogados de defesa do ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB) e decidiram pelo arquivamento de mais uma ação contra o tucano.

A Corte julgou na sessão desta terça-feira (29) uma Ação de Impugnação de Mandato Eletivo (Aime) contra o ex-governador Cássio Cunha Lima (PSDB). Advogados de defesa alegaram perda de objeto e afirmaram que tucano já foi julgado e penalizado nesse caso.

O Relator, Juiz Carlos Neves acatou pedido dos advogados de Cássio Cunha Lima e votou pela perda do objeto. Todos os outros juízes acompanharam o relator. A votação pela perda de objeto foi unânime.

O advogado Harrisson Targino utilizou seu mini-blog, na tarde desta terça-feira, (29) e declarou que o TRE estava julgando a Aime contra Cassio e se tratava dos mesmos temas das Aijes da DAC e da União. “...absolutamente os mesmos temas”, postou.

Harrisson acrescentou que a defesa do tucano alegou perda de objeto e disparou: “Cássio já foi julgado sobre os mesmos fatos e já cassado..”, finalizou.

Entenda o caso

O processo que corria em segredo de justiça e é de autoria do Ministério Público e tem como relator o juiz Carlos Neves.

A ação é referente às eleições 2006, quando Cássio Cunha Lima era governador do Estado e concorria à reeleição. Apesar de correr em segredo de justiça, o julgamento foi publicado na pauta na edição da última terça-feira (16) do Diário da Justiça.

Contra o senador eleito, o TRE já julgou os processos do Caso FAC (motivo da cassação do mandato de governador), do Jornal A União (processo que ainda não foi julgado pelo Tribunal Superior Eleitoral). Entre os processos que estão em andamento contra Cássio estão os envelopes amarelos e do dinheiro no edifício Concorde.

Atualmente, Cássio está recorrendo ao Superior Tribunal Federal (STF) para tentar reverter decisão do TSE que acatou o pedido de indeferimento do registro de sua candidatura para senador na eleição deste ano. O ex-governador do Estado, Cássio Cunha Lima obteve nas eleições mais de um milhão de votos.


Simone Duarte

Nenhum comentário