Header Ads

Iraê Lucena ‘bate pé’, volta a afirmar que não vai sair do PMDB e revela: “A dissidência sempre fez parte da sigla”

Diante de todas as pressões que vem sofrendo depois que decidiu apoiar o candidato vitorioso ao governo do Estado da Paraíba, no pleito deste ano, a a deputada estadual derrotada, Iraê Lucena (PMDB) declarou que não vai deixar o Partido e defendeu que o Grupo passasse por uma discussão interna para renovação dos seus quadros.

Segundo Iraê, o PMDB precisa ser dirigido, no estado, por um político com mandato. Atualmente, o presidente do PMDB paraibano é o contador oficial do governador José Maranhão. Ele foi indicado para o cargo por Maranhão, explicou.

"A dissidência sempre fez parte do PMDB, pois tantos não votaram no Lula e nem por isso vão deixar o partido", disse.


Simone Duarte

Nenhum comentário